terça-feira, 3 de abril de 2012

Os perigos do mau uso dos recursos web


Os perigos do mau uso dos recursos web;
A facilidade da busca por informações.
O uso desta excelente ferramenta é muito importante, porém, não se deve descuidar ou fechar os olhos para os perigos  existentes. Como bem sabemos, em toda parte e em todos os setores, para se obter uma boa convivência, extraindo os devidos benefícios, é preciso conhecer e observar as normas. Com relação à internet, não é diferente, não restringindo a atenção apenas à facilidade de acesso às informações. As informações e conteúdos, sem a habilidade de selecionar, avaliar e direcioná-las, não servem para nada.
No caso dos menores de idade, principalmente, no tocante aos relacionamentos nas redes sociais, o ideal seria  que os mesmos contassem com o acompanhamento dos responsáveis, atentos ao comportamento na web, nas redes sociais, esclarecendo-os sobre as possíveis consequências de certas exposições. Muitos novatos nas redes, ainda não perceberam a importância de filtrar os  conteúdos a serem acessados e os perigos da super exposição, pelo fato da grande velocidade com que circulam as  informações, sem se prever se para o bem ou mal de que esteja exposto.
Cada vez mais te havido o uso da internet para veiculação de imagens e textos ofensivos à dignidade alheia sem a preocupação sobre a infração contra da legislação vigente.  Prova disso é o grande número de pessoas, hora na condição de vítimas, hora no papel de infratores , presentes e inseridos em inúmeras circunstâncias.
A necessidade de orientações para o uso adequado das ferramentas da web é necessário, pois as pessoas necessitam de esclarecimentos para Ra que possam navegar com segurança, cientes de que é imprescindível  a prudência, pois há perigos e danos a qualquer internauta que circule sem os cuidados necessários para que não caia nos golpes de pessoas mal intencionadas que tiram proveito da ingenuidade do próximo. É preciso que os usuários aprendam que é preciso auto controle para não acessarem qualquer emails , sites ou links sem conhecerem suas procedências.
A precaução, o autocontrole, a prática de filtrar conteúdos, o controle do instinto de curiosidade,  certamente, fazem parte da educação digital. A ampliação das perspectivas futuristas de forma reflexiva, através do ato de vislumbrar o futuro e antever as consequências de determinadas exposições que poderão, de acordo com as circunstâncias, não serem interpretadas como o são na atualidade e que possa acarretar estigmas prejudiciais na vida, em diversas áreas.
Escrito por: Olinda A. Antunes Okada

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Vou ler com carinho o seu comentário.
Bjs
Olinda